Aperte o Play! 00:00/00:00

VER MÚSICAS VER MÚSICAS

CONTATO

O TABLADO

Av. Lineu de Paula Machado, 795, Lagoa, CEP 22470-040, Rio de Janeiro, RJ

+5521 2294-7847

+5521 2259-7857

secretariatablado@globo.com

 

Horário de atendimento:

segunda à sexta: 14:30 - 19:30 e às terças também pela manhã: 9:00h às 10:30h

O Tablado

Sura Berditchevsky

Atriz, diretora, produtora e autora. Estudou jornalismo na Universidade Federal Fluminense e em 1971 iniciou a sua formação em teatro com Maria Clara Machado. Três anos depois, integrou o primeiro corpo de professores do Teatro O Tablado e, sob a direção de Maria Clara Machado, atuou em diversos espetáculos de teatro infantil e teatro para adultos. Em 1976, sob a direção de Zdenek Hampl, fundou a companhia de palhaços Irmãos Flagelo, grupo que teve um papel pioneiro no desenvolvimento do teatro performático e de rua no Rio de Janeiro.

 

Na televisão, alcançou um amplo sucesso e reconhecimento ao participar, a partir de 1979, em diversas telenovelas da Rede Globo e da Rede Manchete, algumas das quais exibidas em Portugal. Recordam-se: Dancin Days;Marron Glacée;Plumas e Paetés;Selva de Pedra; Barriga de Aluguel; Era uma Vez. Bem como em séries e programas realizados por Ziembinski, Paulo José, Daniel Filho, Herval Rossano, entre outros.

 

No cinema, atuou em Ajuricaba, de Oswaldo Caldeira, 1977; Coronel Delmiro Gouveia, de Geraldo Sarno, 1978; Os Sete Gatinhos, de Neville d’Almeida, baseado na obra de Nélson Rodrigues, 1980; Noites do Sertão, de Carlos Alberto Prates, 1984; O Cavalinho Azul, de Eduardo Escorel, 1984, um clássico infantil do cinema brasileiro em que participou como atriz e coguionista; O Vestido, de Paulo Thiago, 2003; Meu Nome Não é Johnny, de Mauro Lima , 2008; e Diário de Tati, de Mauro Farias, 2012.

 

Em 1980, dedicou-se à literatura infantil, tendo escrito Amor de Cão, Um Peixe Fora d’Água e Os Olhos da Cara, livros que foram adotados em escolas de todo o Brasil. A partir de 1987, encenou e produziu as suas próprias peças teatrais, transformando-as em espetáculos musicais para crianças e adolescentes, em parceria com grandes nomes do teatro brasileiro, como Edu Lobo, Ubirajara Cabral e Jorginho de Carvalho. Estas produções alcançaram um assinalável sucesso de crítica e público, para além dos mais importantes prêmios. Dos seus espetáculos para adultos, destaca-se a encenação de Cócegas, de Heloísa Périssé e Ingrid Guimarães, em cartaz por 12 anos, que ultrapassou a fasquia de um milhão de espectadores. No mesmo período escreveu a dramaturgia de Cosquinha, espetáculo infantil que obteve prêmios e sucesso de público e crítica.

 

De Nelson Rodrigues, encenou Valsa n.º 6, com Cláudia Jimenez. Foi protagonista de Dorotéia e atriz em A Serpente, última peça do autor encenada alguns meses antes de sua morte.

 

Entre 1988 à 2000, dirigiu o Curso de Teatro Sura Berditchevsky no Teatro Villa-Lobos (Rio de Janeiro), onde formou diversos atores e profissionais de teatro, cinema e televisão. Em 2000, regressou como professora de teatro ao Tablado. Participou na criação do Prêmio Oficial de Teatro Infantil Coca-Cola, integrando durante quatro anos o júri e colaborando na criação do Prêmio de Teatro Jovem, que obteve repercussão nacional e internacional. Nos últimos anos, foi membro de vários júris de teatro e cultura no Brasil.

 

Atualmente, dirige sua própria companhia de teatro no Rio de Janeiro, onde dá aulas a crianças, adolescentes e adultos, dando continuidade ao trabalho de formação de profissionais das artes cénicas.