Aperte o Play! 00:00/00:00

VER MÚSICAS VER MÚSICAS

CONTATO

O TABLADO

Av. Lineu de Paula Machado, 795, Lagoa, CEP 22470-040, Rio de Janeiro, RJ

+5521 2294-7847

+5521 2259-7857

secretariatablado@globo.com

 

Horário de atendimento:

segunda à sexta: 14:30 - 19:30 e às terças também pela manhã: 9:00h às 10:30h

O Tablado

Isabella Secchin

Isabella Secchin é atriz e diretora de teatro, cinema e TV. É professora do O Tablado, desde 1990, curso fundado por Maria Clara Machado responsável pela formação de muitos atores do atual cenário artístico. Como atriz, sua primeira peça profissional, em 1977, foi Flicts, de Ziraldo, onde foi indicada ao Premio Mambembe de Melhor Atriz. Atuou em diversos espetáculos infantis e adultos. Foi integrante do grupo Diz-Ritmia , 1978-1980, sob a direção de Louise Cardoso. Tornou-se diretora com a formação do grupo Beijo na Boca, 1981-1983, dirigindo a peça In Certos Casos, coletânea de textos de João Brandão, Mauro Rasi, Vicente Pereira, Wilson Sayão, Luis Carlos Góes e Luis Fernado Veríssimo. Dirigiu, entre outros espetáculos, o infantil Lili – uma história de circo, de Lícia Manzo, que foi indicado aos Prêmios Coca-Cola de Melhor Direção, Produção, Ator e Figurino, tendo ganhodo nestas três últimas categorias, e recebeu também o prêmio Mambembe de Melhor Espetáculo do Ano, todos em 1989. Sua última participação como atriz, em novembro de 2010, foi no espetáculo A Chegança do Almirante Negro na Pequena África, realizado pela Grande Cia de Mystérios e Novidades, onde também preparou os atores para a encenação.

 

No cinema atuou em filmes como, O Homem do Pau Brasil, de Joaquim Pedro de Andrade; Das Tripas Coração, de Ana Carolina; Rock Estrela, de Lael Rodrigues. Na TV Globo, dirigiu as novelas Pé na Jaca e A Favorita; os semanais Casos e Acasos, Por Toda a Minha Vida, Malhação e Casseta & Planeta. Atualmente é Instrutora de Dramaturgia da TV Globo, onde prepara os atores de telenovelas, como Tempos Modernos, de Bosco Brasil, com direção de José Luis Villamarin, Insensato Coração, de Gilberto Braga e Ricardo Linhares, com direção de Dennis Carvalho, a mini-série Brado Retumbante, de Euclides Marinho com direção de Gustavo Fernandes, Cheias de Charme, de Filipe Miguez com direção de Denise Sarraceni e Sangue Bom, de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari com direção de Dennis Carvalho.

 

Na sua formação, estudou com os mestres: Maria Luiza Prates, Louise Cardoso, Amir Haddad, José Celso Martinez, Juliana Carneiro da Cunha, Joaquim Pedro de Andrade, Paulo José, Juan Carlos Corazza e Suzana Stella.